Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sistema de Engenharia
Início do conteúdo da página


Banner EPEX

 

PROGRAMA ESTRATÉGICO DO EXÉRCITO SISTEMA DE ENGENHARIA (PENSE)

Em agosto de 2014, o Chefe do Estado-Maior do Exército (EME) determinou a iniciação do Projeto Estruturante Novo Sistema de Engenharia (PENSE), sob a autoridade patrocinadora do Chefe do Departamento de Engenharia e Construção (DEC), como evolução do Vetor de Transformação da Engenharia, o qual foi idealizado como forma de responder à participação do Sistema de Engenharia do Exército (SEEx) no Processo de Transformação do Exército, então em franco desenvolvimento.

Em agosto de 2016, o Chefe do DEC determinou que o PENSE passasse a ser considerado um “Programa” constituído por projetos e ações complementares, que consubstanciassem os anseios do SEEx para a sua transformação.

Em novembro de 2017, o Chefe do EME aprovou a Memória de Transformação do PENSE em Programa Estratégico do Exército Sistema de Engenharia, mantendo-se a sigla, já consagrada no âmbito do SEEx.

Em fevereiro de 2018, a Diretriz de Implantação do Programa foi aprovada por intermédio da Portaria nº 31-EME, de 26 de fevereiro de 2018, do Chefe do EME. Como consequência e segundo metodologia definida pelo EME, foram atualizados os planejamentos do novo Programa, tendo o mesmo herdado todas as iniciativas até então realizadas pelas versões anteriores do PENSE.

O Programa continuou englobando todo o SEEx, suas estruturas organizacionais e seus processos, a evolução da doutrina, as competências dos recursos humanos, a melhoria da quantidade e qualidade dos materiais de engenharia e da gestão ambiental nas atividades militares.

A Diretriz de Implantação estabeleceu os seguintes benefícios a serem alcançados com o programa:

-apoio de Engenharia efetivo em qualquer tipo de operação, em todos os ambientes operacionais, no Brasil e no exterior;

-emprego efetivo da Engenharia no apoio do Exército aos órgãos governamentais;

-emprego efetivo do Exército em obras de cooperação com o desenvolvimento nacional;

-ações mais efetivas do SEEx nos comandos militares de área;

-melhoria da especialização de pessoal para execução de atividades de Engenharia;

-fortalecimento da gestão ambiental no Exército Brasileiro; e

- atualização da doutrina de emprego da Engenharia.

Em síntese, o PENSE se justifica por viabilizar ao Sistema Exército Brasileiro uma capacidade de atuação efetiva do seu Sistema de Engenharia no apoio às diversas situações em que for necessária uma operação militar de qualquer natureza ou o cumprimento de uma atribuição subsidiária, no contexto de operações de cooperação e coordenação com agências.

Fim do conteúdo da página