Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Força da Nossa Força
Início do conteúdo da página


FNF BANNER 4

 

 

O PROGRAMA FORÇA DA NOSSA FORÇA

 

O Exército Brasileiro entende que seu patrimônio mais valioso é sua Dimensão Humana, considerada como o conjunto de fatores geridos pela Instituição que influenciam o profissional militar e seus servidores civis. Do ambiente de trabalho ao aconchego do lar, junto a seus familiares, onde se somam nossa “reserva ativa”, nossos servidores civis e as pensionistas, constituímos a Família Militar, a que chamamos "A Força da Nossa Força". Trata-se, portanto, do elemento fundamental para o exercício de nossas atividades profissionais com motivação, orgulho e eficiência.

O Processo de Transformação, com base em programas e projetos a que se lançou o Exército para enfrentar os desafios de um mundo em constante evolução, por sua vez, tem como um dos seus principais objetivos o “Fortalecimento de sua Dimensão Humana” (Objetivo Estratégico Organizacional Nr13 do Mapa Estratégico do Exército - SIPLEX). Assim, o Exército, por meio de ações inovadoras (projetos), procura ATRAIR, RETER, MOTIVAR, APOIAR e COMPROMETER pessoas capazes de possibilitar a Instituição atingir seus objetivos e a cumprir suas missões com maior eficiência.

Dessa forma, esses homens e mulheres, capacitados e motivados, estarão aptos a vencer os desafios que se apresentarem ao Exército Brasileiro na “Era do Conhecimento”.

Para efetivar essas iniciativas e atingir os objetivos propostos foi concebido o Programa "Força da Nossa Força", conduzido pelo DGP, que com seus 08 (oito) projetos, enquadrados por 03 (três) subprogramas (à exceção do Projeto de Parceria Público Privada Futuro Complexo de Saúde do Exército), procura alcançar os seguintes benefícios: a Valorização da Força de Trabalho; a Transformação e a Sustentabilidade do Sistema de Saúde; a Melhoria da Qualidade de Vida da Família Militar; e a Modernização da Gestão de Pessoal, contribuindo, em consequência, com o aumento do nível de operacionalidade da Força Terrestre.

Neste contexto, o DGP observa a Diretriz de Pessoal do EME (Port 325, 09 Dez 15) que elenca para o período de 2016 a 2022 as seguintes áreas de atuação, no âmbito do Processo de Transformação do Exército:

1) a gestão de pessoas por competências;

2) a liderança militar;

3) a carreira do profissional de defesa;

4) o reconhecimento e a valorização profissional;

5) o efetivo do Exército Brasileiro e seus profissionais temporários;

6) a saúde assistencial e a saúde operacional;

7) a família militar;

8) a assistência social;

9) a moradia;

10) a remuneração;

11) o pessoal da reserva;

12) a mobilização de pessoal; e

13) a assistência religiosa.

Fim do conteúdo da página